sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Ébano II


O negro tão sereno dos teus olhos
Me transmite a paz que eu preciso...

Sua pele cor da noite tão bela
Denota imperiosidade e força...

Você que é tão forte, tão viril, voz de trovão
Me causa espanto e admiração...

Meu Ébano, minha noite inenarrável
Quero tê-lo sempre ao meu lado...