sábado, 18 de outubro de 2008

“Lacrima”

Lágrima

Mágoa contida que se desfaz em pranto


Lágrima

Dor absurda que deságua e sara


Lágrima

Desabafo liberado inexplicavelmente


Lágrima

Terapia de relaxamento em momentos angustiantes


Chorar, enxaguar o olhar

Angústia expurgar

O dano de mim se irá

Depois de tanto derramar

De muito olhar sangrar

O fragoroso espezinhar

irá me abandonar...


terça-feira, 14 de outubro de 2008

Correria


Vaga vida
Vida oca
Rápida passagem
Correria confusa
Acorda, corre, sai, trabalha
Corre, estuda, corre, morre
Descansa, dorme
Vai-se embora
A vaga vida
A vida oca.

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Escrever...


O objetivo deste blog é divulgar um pouco do que amo fazer... escrever! A escrita para mim é a mãe das Artes e é por meio da poesia que eu expresso meus sentimentos, minhas humildes reflexões. Escrevo não para mim, mas para o mundo, para pessoas que como eu, sofrem e choram com esse cotidiano tão cruel que nos cerca, mas nunca perdem a esperança da melhora dos dias...

Como disse Machado de Assis:


“o que se exige do escritor antes de tudo, é certo sentimento íntimo, que o torne homem do seu tempo e do seu país, ainda que trate de assuntos remotos no tempo e no espaço”.


Tentarei neste blog ser uma ‘mulher do meu tempo e do meu país’, registrando as Reflexões e Liridades de um cotidiano.

Sinta-se a vontade e deleite-se....